Novidades da Angioclam

Conheça a importância da imunização: o que é e como ficar em dia

30, junho 2021 | Notícias, Pandemia

O sistema de saúde do Brasil atua diretamente na prevenção. A importância da imunização se dá, justamente, pela ação prévia, atuando contra índices de mortalidade, erradicação de distúrbios e no combate aos altos números de casos de hospitalização, além dos gastos com medicamentos.

Mas, afinal, o que são as vacinas e qual a sua função? Elas são substâncias que têm como maior objetivo estimular o nosso corpo a produzir respostas imunológicas. Ou seja, todo esse processo se dá para nos proteger de possíveis doenças. O agente infeccioso é inserido no organismo de maneira menos agressiva.

Mas, calma! Pode ficar tranquilo. Esse agente é incapaz de se tornar uma ameaça. Isso porque a sua presença no nosso corpo possui somente uma única função: que sejamos capazes de produzir anticorpos necessários para combater doenças.

A vacina atua no nosso corpo por estágios. No primeiro momento, toda a produção acontece devagar. E, em seguida, o nosso organismo começa a produzir, além dos anticorpos, células de memória que, uma vez expostas ao mesmo antígeno, se tornam aptas para criar um verdadeiro campo de defesa de forma rápida e eficaz.

O papel social que a imunização possui é de suma importância. Isso porque quando nos vacinamos, estamos ajudando toda uma comunidade a diminuir casos de doenças. Você sabia que as campanhas de vacinação, realizadas por todo o País, resultaram na eliminação da varíola no ano de 1973 e também da poliomielite, em 1989? Agora imagine a importância da imunização para todos nós.

Como acontece a imunização na infância?

Uma informação interessante é que o desenvolvimento do nosso sistema imunológico começa ainda na gestação. Ainda assim, os recém-nascidos são seres ainda muito frágeis e estão sujeitos a doenças e infecções. Dessa forma, é necessário estimular o organismo a evoluir para que consiga proteção.

Até os dez anos de idade são aplicados vacinas e reforços para combater distúrbios que podem ser identificados devido a exposição dessas crianças na escola. O oferecimento dessas vacinas é realizado pelo Ministério da Saúde.

Ao longo da vida, a realidade de vacinação não fica diferente. Adultos e idosos precisam, igualmente, de proteção, e muitos fatores são levados em consideração nesse momento, como, por exemplo: moradia, idade e histórico.

Leia também: O que significa cuidado preventivo?

Em caso de dúvida sobre a importância da imunização, entre em contato com profissionais da saúde

Imunidade de grupo: entenda o motivo de nem todos poderem ser vacinados

Existem alguns casos específicos de pessoas que não devem ser vacinadas com certas vacinas. É o caso de pacientes com patologias subjacentes que enfraquecem o seu sistema imunitário, ou até mesmo que apresentem alergias graves a alguns componentes do imunizante.

Mas pode ficar tranquilo. É seguro reforçar que essas pessoas podem ficar protegidas, se viverem e se relacionarem com outras já imunizadas. Isso acontece porque quando há muitas pessoas já vacinadas na comunidade, o agente patogénico encontra certa dificuldade em circular, uma vez que a grande maioria já se encontra protegidas.

Sim, isso chama-se imunidade de grupo. Vale lembrar que não existe nenhuma vacina que confira 100% de proteção e imunidade de grupo. Dessa forma, quem puder, deve sim ser vacinado e se proteger contra qualquer doença perigosa que possa surgir.

Vacina é tecnologia antiga. No Brasil, as vacinas começaram a ser adotadas na primeira metade do século 19, mas somente depois de muita luta e insistência, viraram parte da política pública de saúde. Porém, há cinco anos vem caindo a cobertura nacional de vacinas.

Em 2019, pela primeira vez na história, o País não conseguiu bater a meta mínima de cobertura de vacinação de crianças de até um ano de idade, que, geralmente, varia entre 90% a 95%, dependendo da vacina.

O cenário que já vinha de uma fase crítica, se agravou bastante durante a pandemia da COVID-19, que afastou pessoas das unidades de vacinação. O medo tomou conta de muitas pessoas e ficar em casa nunca foi tão importante assim. Os números dessa pesquisa foram apresentados por Francieli Fontana, coordenadora do PNI, durante o evento Jornada Nacional de Imunizações.

A importância da imunização é reconhecida mundialmente e, aqui no Brasil, não é diferente. E caso você precise atualizar o seu cartão de vacinação, entre em contato conosco e saiba como podemos ajudar a deixar a sua saúde em dia, preservá-la, principalmente, de forma preventiva.

Conheça as especialidades da Angioclam.

Com atendimento acolhedor e individualizado, a Angioclam realiza atendimento em diversas áreas de saúde, como: Cardiologia, Dermatologia, Hematologia, Nutrição e Fisioterapia, entre outras, e claro, com atendimento individualizado, contínuo e preventivo.

O diferencial da Angioclam é aliar a tecnologia e a comodidade à uma equipe médica especializada e comprometida com o paciente. Com ambiente totalmente seguro, você realiza consultas e exames em um só lugar e com 90% dos resultados no mesmo dia. Venha conhecer a nossa equipe, entre em contato conosco.

Fale conosco: (71) 99276-0320 / (71) 3612-8383 / contato@angioclam.com.br

Agende seu contato: Agendar no Move Experience

OUTROS POSTS