Novidades da Angioclam

Clínica com programa de autocuidado em Lauro de Freitas. Onde encontrar?

14, abril 2021 | Notícias

Estamos vivendo um momento incomum. A pandemia nos levou a reflexões profundas, novos comportamentos e os principais órgãos de saúde alertam que é necessário ficar em casa para se proteger do novo coronavírus. Mas como estabelecer as ações de autocuidado durante essa fase?

Sem dúvida não é uma questão fácil. Um dos maiores desafios, diante da realidade atual é manter o equilíbrio entre saúde física, mental e espiritual. A saúde física e mental está ligada ao movimento em direção a sair da zona de conforto e assumir o protagonismo do cuidado com a saúde, em parceria com uma equipe multidisciplinar. O nível espiritual é voltado a como mantemos e alimentamos nossas energias.

Cuidar e sem cuidado: O que há de errado?

O autoconhecimento é importantíssimo, pois por meio dele conhecemos os nossos limites e podemos criar estratégias para superá-los, identificamos crenças limitantes e evoluir identificando o que nos faz bem e perceber-se enquanto ser humano. É subjetivo evoluir e se conhecer, e uma tarefa que exige tempo, dedicação e consciência dos seus atos. Logo, cuidar de si exige que primeiro saibamos o que nos faz bem e o que não nos faz tão bem assim.

Não há nada de errado em promover cuidado e se cuidar. Leonardo Boff afirma que: “Cuidar é mais do que um ato; é uma atitude”, pois envolve mais do que um momento de atenção, significa uma atitude de ocupação, preocupação e responsabilidade.

Clarice Lispector escreveu que: “Um amigo me chamou para cuidar da dor dele, guardei a minha no bolso. E fui”. Mas será mesmo saudável deixar a nossa dor de lado e cuidar da do outro? Há uma via de mão dupla, nos tornando apenas um e talvez por isso as consequências sejam tão delicadas depois. São 7 as principais ações de autocuidado: Praticar atividade física, ter um sono reparador (dormir bem), ter uma alimentação saudável e equilibrada, reduzir o estresse, investir em autoconhecimento, praticar o ócio produtivo e ter hábitos de higiene.

Cuidar é entender que a sua dor também tem espaço
Cuidar é entender que a sua dor também tem espaço

Como o autocuidado ajuda a eliminar crenças limitantes?

O autocuidado é uma condição para o bem-estar. Mas você já se perguntou o que te limita na busca de melhorias físicas, mentais e espirituais? Geralmente as crenças limitantes estão presentes nesse processo. Acompanhe alguns vilões comuns nesse momento:

  1. A forma de pensar: Se você sente culpa ao realizar ações de autocuidado, ou até mesmo nunca encontra tempo para elas, provavelmente há pensamentos negativos ligados ao tema. Então é sempre bom se perguntar: Percebe algum desajuste entre seus pensamentos e ações?
  2. Seguir a automação da rotina: Se o autocuidado não entra na programação da rotina, então ele sempre vai ficar para depois e depois. Para vencer esse “vilão” você precisa priorizar práticas saudáveis no seu dia a dia. Liste ações e o momento em que irá coloca-las em prática. No começo o esforço será maior, mas depois, será um hábito.
  3. Falta de autoconhecimento: Se você não souber o que te faz bem e o que, de fato, funciona na prática, fica difícil conseguir alcançar resultados positivos.

Ricardo Mello, psicólogo, afirma que: “Emoções reprimidas, negadas ou evitadas, acumulam-se transformando-se em noites mal dormidas, nós na garganta, doenças psicossomáticas, nostalgia, ansiedade, dúvidas, conflitos, insatisfações crônicas, depressão. É preciso aprender a se conectar, identificar e lidar com nossas emoções.” É necessário um exercício mental para alcançar a maior compreensão emocional e chegar ao controle das emoções.

Efeito sanfona. Como conseguir manter o peso?

A obesidade deve ser um tema abordado com muita atenção. Segundo pesquisa realizada, em 2015, pela Organização Mundial de Saúde (OMS), há um crescimento na população de adultos obesos. Os números apontam para mais de 2 bilhões de adultos em sobrepeso, e destes, 700 milhões são obesos.

E o que é exatamente o efeito sanfona?

O efeito ocorre quando o indivíduo opta por um novo estilo de vida diferente do que possuía e não consegue manter uma constância em relação a esses novos hábitos. É o emagrecimento rápido a recuperação também rápida de parte ou de todo o peso anterior. E claro, vale ressaltar, o efeito sanfona impacta e causa riscos altos ao organismo.

Conseguir manter o peso é um dilema para muitos. E, para manter os mecanismos de defesa, uma vez que o corpo não compreende o que está havendo, ele se defende criando um estado constante de alerta. É como se o organismo dissesse “está faltando comida” e aí uma verdadeira bagunça acontece no metabolismo.  

O interminável ciclo de engorda emagrece traz uma série de impactos negativos ao corpo humano
O interminável ciclo de engorda emagrece traz uma série de impactos negativos ao corpo humano

A reeducação alimentar, sem dúvida, é a saída para alcançar o equilíbrio e a manutenção do peso corporal. Ter o auxílio de programas que promovam uma abordagem multidisciplinar, que incentivam a ativação do paciente (educação em saúde), engajamento no autocuidado e proporcionem um caminho saudável alcançável, é o caminho que deve ser percorrido com acompanhamento de uma equipe de profissionais de saúde bem preparados e preocupados com a Experiencia do paciente.

Dessa forma, ressaltamos que o Programa Move proporciona, a você, uma experiência diferente e positiva no caminho do autoconhecimento, autocuidado e práticas saudáveis. Com uma equipe multidisciplinar, o Move compreende cada paciente como um universo e segue proporcionando bem-estar.

Na Angioclam, você encontra atendimento profissional, e um lugar seguro que proporciona a realização de consultas e exames necessários para a tomada de decisão no caminho do autocuidado. Todas as medidas de segurança estão sendo tomadas para recebe-los da melhor forma possível. Agende sua visita e conheça o nosso espaço.

Fale conosco: (71) 99276-0320 / (71) 3612-8383 / contato@angioclam.com.br

Agende seu contato: Agendamento Move Experience

OUTROS POSTS