Cuidados com a Pele depois dos 30 anos

Notícias

Cuidados com a Pele depois dos 30 anos

Segunda, 24 Julho 2017

Cuidados com a Pele depois dos 30 anos

Entenda porque você deve dar atenção a isso!

anos

A chegada dos 30 anos é um fato marcante para a maioria das mulheres. É a partir desta idade que a maioria das mulheres passa a se preocupar com a manutenção da beleza e jovialidade.

O envelhecimento cutâneo é resultado da interação de diversos fatores, alguns individuais/genéticos, hormonais e outros relacionados ao meio ambiente e estilo de vida, como exposição solar, tabagismo, etilismo, estresse emocional, poluição, dentre outros. A partir dos 30 anos a pele começa a se tornar mais seca e sensível, com perda progressiva da elasticidade e com surgimento das primeiras rugas e linhas de expressão. Os primeiros cuidados devem ser iniciados por volta dos 25-30 anos.

Os cuidados básicos devem incluir limpeza diária, hidratação e fotoproteção, com produtos específicos para cada tipo de pele. A proteção contra os raios ultravioletas é passo fundamental para manter a pele saudável e bonita. A exposição solar é um dos principais agentes responsáveis pelo envelhecimento cutâneo, deixando a pele mais espessa, áspera, amarelada e com manchas. O uso regular de protetor solar deve ser adotado como rotina para todos. Hoje em dia temos disponível uma infinidade de fotoprotetores, com as mais diversas funções e texturas e que auxiliam no tratamento de algumas patologias, como melasma e lesões precursoras de câncer de pele.

Além da rotina básica de limpeza e fotoproteção podemos ainda lançar mão de outros produtos tópicos como os retinoides e a vitamina C, que contribuem na melhoria da qualidade da pele, deixando-a mais uniforme, com luminosidade, além de aumentar a elasticidade e suavizar rugas finas e linhas de expressão. Outros procedimentos também podem ser indicados, como os peelings, laser, indução percutânea de colágeno (microagulhamento), toxina botulínica, o preenchimento com ácido hialurônico e uso de bioestimuladores como o ácido poli-l-lático, que estimulam a síntese de colágeno. Alguns estudos também têm demonstrando efeito benéfico do uso de nutracêuticos contendo peptídeos de colágeno e antioxidantes, como a vitamina C, a luteína e o licopeno, retardando o processo de envelhecimento da pele. Manter alimentação saudável e a ingesta adequada de água também são fatores fundamentais para saúde e beleza da pele.

 Vale ressaltar que qualquer produto ou procedimento deve ser indicado por um médico dermatologista, que é o profissional mais capacitado para diagnosticar doenças e alterações na pele, identificar as necessidades de cada paciente, o tratamento ideal para seu tipo de pele e cuidar de forma integral da pele, cabelos e unhas. 

por Dra. Camila Neiva