Angioclam - Como parar de fumar sem sofrimento

Notícias

Como parar de fumar sem sofrimento

Quinta, 23 Março 2017

Como parar de fumar sem sofrimento

Confira orientações para dar o primeiro passo e parar de fumar

O tabagismo é classificado como uma dependência química (CID: F17) e por causa dessa dependência, muitas pessoas tem dificuldades em parar de fumar. Pesquisas científicas comprovaram o uso do cigarro como causa de mais de 50 doenças em diversos órgãos do corpo.

O cigarro pode causar dependência física e psicológica. Menos de 5% dos fumantes consegue parar sem ajuda. Ainda assim, destes, alguns só tem sucesso após diversas tentativas. Isso se deve principalmente à ocorrência dos sintomas de abstinência que causam um enorme desconforto físico e psíquico dificultando a cessação.  

Neste artigo a Dra Simone Moura, especialista em tratamento antitabagismo, compartilha algumas informações para controlar a abstinência e dicas de tratamento para largar o cigarro definitivamente.

Quais são os sintomas de abstinência mais comuns?

Durante as primeiras semanas após interrupção do tabagismo podem surgir ou se intensificar sintomas como:

  • ansiedade
  • irritabilidade
  • insônia ou sonolência excessiva
  • fissura (desejo intenso de fumar)
  • dificuldade para se concentrar
  • tremores
  • aumento do apetite 
  • humor deprimido

Como controlar os sintomas de abstinência ao parar de fumar?

Existem técnicas comportamentais e medicações que auxiliam na cessação do tabagismo, minimizando os sintomas e aumentando as chances de sucesso do tratamento.

Todos os fumantes precisam usar medicações para parar de fumar ? 

Não. É possível parar de fumar sem uso de remédios. Porém, pessoas com tentativas prévias sem sucesso, com dependência elevada ou com sintomas de abstinência de moderados a intensos têm menores chances de conseguir parar sem auxílio medicamentoso.

Como saber meu grau de dependência?

 A avaliação do grau de dependência de nicotina é realizada pelo teste de Fagerström, através da resposta a 6 perguntas e a somatória dos pontos; o teste pode ser realizado a qualquer momento.

Quais as opções de medicamentos para parar de fumar?

Atualmente temos 3 classes de medicações de primeira linha disponíveis no Brasil: os repositores de nicotina (sob a forma de adesivos transdérmicos e tabletes), a Bupropiona e a Vareniclina.

Como saber qual medicação é a mais indicada para o meu caso?

Durante a consulta médica é realizada uma avaliação completa do histórico do tabagismo, doenças concomitantes e pregressas, medicações em uso, grau de dependência da nicotina e então, definida qual a melhor opção de tratamento para cada paciente.

Quanto tempo dura o tratamento ?

O tempo de acompanhamento é individualizado para cada paciente, Para os que precisam de auxilio de medicamentos dura em média 3 meses. Estudos comprovam que é muito importante a presença em pelo menos 4 consultas médicas durante todo o processo. Só é considerado ex-tabagista a pessoa que já está sem fumar há pelo menos 1 ano. 

Qual o melhor momento para iniciar o tratamento?

Hoje! Uma vez que as consequências do tabagismo são proporcionais ao tempo de uso e a carga tabágica, quanto antes parar de fumar, menores as chances de desenvolver complicações relacionadas ao cigarro. Procure um médico para fazer sua avaliação e parar de fumar o quanto antes.  

A leitura desse artigo despertou o desejo de largar o cigarro?

Entre em contato conosco e realize um pré-agendamento da sua consulta através do botão abaixo:

Comece uma vida nova longe do cigarro. Até a próxima dica Angioclam

Artigo por Dra Simone Moura  - Cardiologia a tratamento do tabagismo